Devaneios de um Caminhante Solitário

07 março, 2006

O Regresso de Portas

Paulo Portas está notoriamente satisfeito com o espaço de opinião ("O Estado da Arte") que conquistou na SIC Notícias e que se estreia esta noite.

Assistiu-se ontem ao (já esperado) regresso de Paulo Portas (P.P.) à intervenção política – não já só apenas nos seus sorrisinhos irónicos que tivemos a possibilidade de ver na última interpelação do seu partido, o CDS, ao governo e em que, pasme-se, P.P. assistiu até ao fim (!) – mas ao comentários televisivos, mais precisamente, na SIC Notícias. Confesso que ontem não pude assistir mas, todavia, não resisto a dar uma breve opinião.

P.P. regressa a uma situação que, na minha opinião, domina – o comentário, a crítica, o à-vontade mediático (bem ao estilo do seu “amigo” Santana Lopes). É, de facto, aí que P.P. se sente como um “peixe na água”: não tem quaisquer preocupações “executivas”, trabalhando apenas na construção de críticas e comentário o que, sabe deveras fazer.
A questão que se coloca é: om que objectivo? Recuperar a sua imagem (tão denegrida) na sociedade portuguesa. Mas, mais uma vez se volta a perguntar, com que objectivo? Líder do PSD e futuro Primeiro-Ministro agouram uns, lugar a que, na minha opinião, depois de P.P. ter pertencido ao último governo – unanimemente considerado, excepto talvez por Santana Lopes e pelo próprio P.P., como o pior da democracia portuguesa – penso que nem o próprio ousa sonhar.

Espera-se, contudo, uns comentários interessantes de alguém que, pese todas as adversidades causadas, em parte, pelo mesmo P.P., sabe “falar”, sabe desenvolver um raciocínio lógico e sabe ser persuasivo na defesa das suas ideias. O “Estado da Arte” poderá ser assim um espaço crítico apreciável na medida em que P.P. consiga construir um espaço que, efectivamente, seja seu, muito à (não) semelhança de Marcelo Rebelo de Sousa. Aguardemos para ver, mas poderá ser credível logo que não “politize em demasiado” as suas posições e pontos-de-vista. Enfim, poderá ser - embora coloque as minhas mais sérias reservas - um espaço (como o próprio apelida) "cosmopolita" e "cool"...

2 Comments:

  • A apresentadora, ao menos, é de qualidade. A que "entrevista" o Marcelo limita-se a abanar a cabeça e a dizer "Sim, sim".

    Uma chatice, portanto.

    By Blogger JAS, at 07 março, 2006 22:33  

  • Não sei se será assim tão "chata" como isso! Acho que, pura e simplesmente, não se "connect" com ele.
    Para MRS, o comentário semanal tem de ser um "show" só seu, enfim, semelhante ao que tinha na TVI - estação onde obtinha maiores audiências...

    By Blogger Caminhante Solitário, at 07 março, 2006 22:58  

Enviar um comentário

<< Home