Devaneios de um Caminhante Solitário

05 março, 2006

Os Óscares

È comummente designado como “o maior espectáculo do mundo”. São milhares de dólares gastos na sua organização, são os actores e convidados mais “VIPs”do mundo, enfim, é toda uma gigantesca “máquina” bem ao estilo norte-americano do “tudo em grande”. Este ano, todavia, a cerimónia assume um carácter excepcional. Desde logo, o apresentador escolhido é o comediante Jon Stewart, conhecido pelo seu programa “The Daily Show”, uma espécie de “telejornal” com notícias falsas e mordazes, muito crítico, em especial, de toda a “tapalhada Bush”. Espera-se também, em consonância à “american way of life”, muita polémica.

Em segundo lugar, pelos filmes nomeados para a categoria principal, a do “best movie”. Sendo filmes de “low-cost” – e até “independentes” –, todos eles abordam, em vez do tradicional estilo “hollywodesco” característico das grandes produções cinematográficas (vulgo “Titanic”) em histórias muitas vezes imaginárias (“Senhor dos Anéis”, “Chicago” ou “Gladiador”), uma certa preocupação social, em questões controversas que abalam não só os E.U.A. como o resto do mundo: a homossexualidade (“O Segredo de Brokeback Mountain”), a xenofobia e o racismo (“Crash – Colisão”), o cinismo e a pena de morte (“Capote”), o conflito no Médio Oriente (“Munique”), e a liberdade de expressão, a censura, a corrupção e o nepotismo no próprio Estado de direito democrático (“Boa noite, e Boa Sorte”).

Sem vencedores antecipados, o “suspense” e a emoção prolonga-se até ao fim. Por isso, a partir da 1:00, lá estarei eu a ver a coroação daquele que, para os (verdadeiros) especialistas foram os melhores do ano do mundo da “sétima arte”.

Sendo um verdadeiro cinéfilo e, tendo por isso visto a quase totalidade dos filmes nomeados para os Óscares, a minha previsão para esta noite é a seguinte:

Nomeados para Melhor Filme: «O Segredo de Brokeback Mountain»; «Munique»; «Capote»; «Crash – Colisão»; «Boa Noite e Boa Sorte»
Vencedor: «O Segredo de Brokeback Mountain»

Nomeados para Melhor Realizador: Ang Lee – «O Segredo de Brokeback Mountain»; Bennett Miller – «Capote»; Paul Haggis – «Crash – Colisão»; George Clooney – «Boa Noite, e Boa Sorte»; Steven Spielberg – «Munique»
Vencedor: Paul Haggis – «Crash – Colisão»

Nomeados para Melhor Actor Principal: Philip Seymour Hoffman – «Capote»; Terrence Howard - «Hustle & Flow» ; Heath Ledger – «O Segredo de Brokeback Mountain»; Joaquin Phoenix – «Walk the Line»; David Strathairn – «Boa Noite, e Boa Sorte»
Vencedor: Philip Seymour Hoffman – «Capote»

Nomeados para Melhor Actriz: Judi Dench – «Mrs. Henderson Apresenta»; Felicity Huffman – «Transamerica»; Keira Knightley – «Orgulho e Preconceito»; Charlize Theron – «North Country – Terra Fria»; Reese Witherspoon – «Walk the Line»
Vencedor: Keira Knightley – «Orgulho e Preconceito»

Nomeados para Melhor Actor Secundário: George Clooney – «Syriana»; Matt Dillon – «Crash – Colisão»; Paul Giamatti – «Cinderella Man»; Jake Gyllenhaal – «O Segredo de Brokeback Mountain»; William Hurt – «A History of Violence – Marcas de Violência»
Vencedor: Jake Gyllenhaal – «O Segredo de Brokeback Mountain»

Nomeados para Melhor Actriz Secundária: Amy Adams – «Junebug»; Catherine Keener – «Capote»; Frances McDormand – «North Country – Terra Fria»; Rachel Weisz - «The Constant Gardener – O Fiel Jardineiro»; Michelle Williams - «O Segredo de Brokeback Mountain»
Vencedor: Rachel Weisz - «The Constant Gardener – O Fiel Jardineiro»

3 Comments:

  • Mais do que um cinéfilo, és um sortudo, não por veres o Grandioso Circo de Hollywood na sua representação anual, mas por poderes estar acordado à uma da matina.

    Nem mesmo o Jon Stewart é capaz de tornar os Óscares menos repelentes.
    Como sempre, opiniões.

    Um abraço.

    By Blogger JAS, at 05 março, 2006 21:45  

  • Já para não mencionar, como é óbvio, a contínua passadeira de Lobby's que Hollywood adora promover. Este ano temos Ang Lee e o seu deplorável "Brokeback Mountain", uma ridícula história de qualquer coisa entre um Donnie Darko decadente (como caem os poderosos!) e um tipo cuja tradução do nome se aproxima perigosamente de "Cabeça de Cabedal". O que, em abono da verdade, não seria tão despropositado como isso.

    PS - Para os alarmistas, eu não sou homofóbico. Bem pelo contrário. Mas não suporto este género de disparates.

    By Blogger JAS, at 05 março, 2006 21:51  

  • Enfim... Um ritual anual que, confesso, agrada-me. Há sempre um misto de "suspense" que, em atribuições semelhantes, não acontece - onde os vencedores são conhecidos à partida.

    Estou deveras curioso em saber como irá reagir a "conservadora" Academia a um apresentador de quem tudo é possível em termos de críticas "irónicas", principalmente em relação ao presidente Bush (lembrando-me, por exemplo, do discurso de vitória de Michael Moore, pela vitória na categoria de melhor documentário com "Bowling for Columbine").

    Estou ainda curioso para ver qual das preocupações sociais irá prevalecer este ano: Homossexualidade?, Racismo?, Pena de Morte? ou a participação Norte-americana na intermediação de conflitos?
    Aceitam-se apostas.

    By Blogger Caminhante Solitário, at 05 março, 2006 21:58  

Enviar um comentário

<< Home