Devaneios de um Caminhante Solitário

05 abril, 2006

O Melhor de Jardim

Alberto João Jardim apoia decisão de não comemorar 25 de Abril

Depois deste comentário em que expressei toda a minha perplexidade pela decisão da Assembleia Legislativa Regional da Madeira de desprezar o 25 de Abril e a conquista da democracia, vem agora, como não poderia deixar de ser, Alberto João Jardim, mandar uns “bitaites” muito a seu gosto.
Considero-me um dos visados por AJJ já que critiquei a decisão da Madeira não assinalar o 25 de Abril e, por conseguinte, fui insultado de «Ayatholas do 25 de Abril», «hipócritas» e «sacerdotes fundamentalistas do regime».
Em resposta, confesso que tenho muito orgulho em ser tal “Ayathola”, e sim, sou um “fundamentalista” do regime democrático. Não vejo qualquer problema em relação a isso.
Digo mesmo mais, antes ser isso do que ter impulsos ditatoriais, ser mal-formado e não ter qualquer espécie de escrúpulos democráticos.
Mais não se podia esperar de AJJ.

5 Comments:

  • Caro Caminhante Solitário,

    Não é a opinião que choca (a sua, ou de AJJ), que à opinião todos temos direito.

    Chocam as vozes "democráticas" que queriam impor à força festividades solenes do 25 de Abril a órgãos autónomos, "porque sim". Claro que há aqui muita provocação e psicologia inversa...

    By Blogger AA, at 05 abril, 2006 18:14  

  • Caro AA:

    De facto, "festejar o 25 de Abril só por festejar" ou, pior do que isso, por imposição é, desde logo, um mau princípio. O que quis dizer é que deveria (num "mundo ideal") ser o próprio Governo Regional, na pessoa do seu presidente, eleito... democraticamente, que deveria ter, ele próprio, a iniciativa de festejar o 25 de Abril e a instauração de um regime democrático. Só isso.

    By Blogger Caminhante Solitário, at 05 abril, 2006 18:58  

  • É como morder a mão que lhe dá de comer.
    Só foi eleito democraticamente porque havia democracia. E só havia democracia porque houve 25 de Abril. Ou não ?
    Gostava de saber se o AJJ (letras maiúsculas só pelo cargo que ocupa e que é, apesar de tudo, resultado de eleições - só possíveis porque houve o 25 de Abril) tinha filhos varões em idade de ir à tropa por ocasião de 1974...isto para não falar de mais nada...

    By Blogger tarirari, at 06 abril, 2006 10:15  

  • Enfim, caro Tariraro, nada a que AJJ (ou ajj, se preferir) não nos tenha já habituado...

    By Blogger Caminhante Solitário, at 07 abril, 2006 03:51  

  • De acordo, CS...

    By Blogger AA, at 08 abril, 2006 17:06  

Enviar um comentário

<< Home