Devaneios de um Caminhante Solitário

14 maio, 2006

A Dívida Não-Surpresa

Marco de Canaveses: dívida superior a 71 milhões de euros

Era algo que, sinceramente, já esperava: uma estrondosa dívida que veio de uma desastrosa administração autárquica de um péssimo ser - Avelino Ferreira Torres. Ainda assim, como este, há também muitos outros casos onde as inúmeras dívidas, a descarada corrupção e os constantes escândalos abruptam. Felgueiras, Oeiras, Gondomar são apenas exemplos gritantes cujos presidentes, mesmo já se sabendo desta situação, conseguiram democraticamente ser reeleitos. Males da democracia, "o pior sistema político exceptuando todos os outros". Há que ter, pois, em conta esta situção no processo de regionalização (se, claro está, sempre avançar). O que seria de uma região administrativa a ter um presidente como Marco de Canavezes teve ao longo destes anos todos?

1 Comments:

Enviar um comentário

<< Home