Devaneios de um Caminhante Solitário

23 junho, 2006

A Laicidade

O CDS-PP desafiou hoje a maioria parlamentar do PS a levar a laicidade do Estado até às últimas consequências e acabar com o Bispo das Forças Armadas, com a bênção em inaugurações e com os feriados religiosos.

Por mim, não há qualquer tipo de problema. É da maneira que se aumenta a produtividade do País...

3 Comments:

  • Embora obviamente de acordo em relação ao facto de termos um estado laico, julgo que será um pouco ridiculo negar o facto do cristianismo ser uma maioria neste país.

    Como tal, acabar com [todos] os feriados religiosos seria despropositado, assim como acabar com alguns rituais cristãos.

    É o Estado para o Povo e não o Povo para o Estado...

    By Anonymous Gervásio, at 23 junho, 2006 23:36  

  • É óbvio que estou a ser, pelo menos, tão irónico como o PP foi ao apresentar tal proposta. Pelo menos em relação ao feriados, porque, no que concerne ao tão-falado "protoclo de Estado", estou inteiramente de acordo com o Governo. Num Estado laico, porque é que a Igreja tem de estar presente no seu protocolo?

    By Blogger Caminhante Solitário, at 24 junho, 2006 00:38  

  • Solução que agrada a todos? Não se acabam com os feriados religiosos, mas começam a ser todos celebrados, de forma simbólica, aos fins de semana.

    By Blogger JAS, at 24 junho, 2006 22:13  

Enviar um comentário

<< Home